Director: Júlio Manjate

O processo de impeachment do presidente norte-americano, Donald Trump, deve ter suas regras votadas em plenário hoje quinta-feira (31). O anúncio feito pela líder da Câmara americana, Nancy Pelosi, surpreendeu os republicanos e agitou o Congresso.

A instauração do processo deve ter impactos directos nas eleições primárias dos democratas e seu resultado pode ameaçar a maioria do partido na Câmara.

Esta será a primeira vez em mais de 100 anos que um presidente americano que irá concorrer à reeleição passa por um processo como esse. Richard Nixon – que renunciou em 1974, antes de sofrer impeachment – e Bill Clinton – que sofreu impeachment em 1998, mas que não foi removido da Casa Branca pelo Senado – estavam no seu segundo mandato.

A decisão pela votação contraria a opinião republicana de que o impeachment seria apenas “uma farsa da oposição”. O partido alegava, desde que a investigação foi iniciada, há pouco mais de um mês, que o processo era injusto e ilegítimo, por não respeitar as convenções do Congresso, inclusive por ainda não ter sido submetido à votação. Mas, no início desta semana, Pelosi virou o jogo.

Mesmo assim, os adversários da deputada pela Califórnia ainda insistem que tudo não passa de uma encenação, sem nada de concreto, uma vez que a votação não é pelo impeachment de Trump, mas apenas pelas regras de um possível processo. Os defensores do presidente americano também alegavam que a investigação, liderada por Adam Schiff, deputado pelo estado da Califórnia que preside o Comité de Inteligência da Câmara, lembra um processo da antiga União Soviética, pois seria realizado “em um porão e a portas fechadas”, sem representação do acusado.

As regras que começam a ser votadas nesta quinta-feira no plenário permitiriam, por exemplo, que os republicanos interrogassem as testemunhas implicadas no processo. Mas, para o desgosto da defesa de Trump, essa é uma questão que também passa pela aprovação de Schiff.

Uma pesquisa da Suffolk University/USA Today divulgada esta semana, indica que 36% dos eleitores são a favor da instauração do impeachment, 22% acham que a Câmara apenas deve continuar com a investigação, 37% dizem que a Câmara deve desistir do processo, e 5% não se posicionaram.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction