Director: Júlio Manjate

Sigarowane: E chovia em Tóquio!

Tinha-se confirmado a presença, seis meses e dois dias antes, fazia a espera no Grand Hyatt, na capital nipónica, sonhando com o Imperial de há pouco mais de ano. Era uma terça-feira e chegou a indicação de que a partida do hotel seria as onze horas, cinquenta e nove minutos e trinta segundos. Tamanha minudência que deu para o choque, levezinho, claro. E a essa hora precisa, o automóvel estava em movimento em direcção ao Seiden (Salão de Cerimónias de Estado)

E chovia em Tóquio!

E o mundo estava em Tóquio!

Os passeios das avenidas, os jardins com massas de gente, protegida da chuva por capas e outra não, acenava para as delegações na sua procissão para o lugar da nobreza. Era a manifestação da sua alegria, de aceitação do símbolo do povo nipónico, o Imperador que daí a menos de hora ia ser entronizado. Contagiante o momento, membros de várias delegações correspondiam ao aceno num gesto de partilha da alegria e da aceitação do seu símbolo.

Os homens da mídia, alguns com as câmaras protegidas por sacos plásticos, iam captando o movimento, a manifestação de alegria pelas avenidas, pelos jardins do Seiden, produzindo crónicas com que alimentavam várias cadeias internacionais de modo a que estas pudessem permitir ao mundo viver esses momentos de rara existência.

E então veio a saudade!

Não havia chuva ou frio que isso pudesse impedir.

E chovia em Tóquio! E fazia frio em Tóquio!

O automóvel rolava sobre as ruas dos jardins do palácio, passando por espaços já familiares, todos eles com gente à chuva. Com gente ao frio, mas toda ela tomada de alegria tamanha e de monumental emoção na sua singular humildade. O automóvel estacionou e um tapete vermelho se estendia do passeio, subindo as escadas até á porta onde se ligava o um já tapetão, de outras tonalidades, cobrindo um espaço enormíssimo, para depois mais escadas que conduzem ao salão das grandes realizações, como era o caso do dia. Poucos lugares faltavam por preencher. Estes eram  os reservados aos monarcas, sultões… é que todos os bichos são iguais, mas existem uns que são mais iguais que os outros. Então não é?

As telas montadas por todo o amplo espaço, iam mostrando imagens diversas incluindo os movimentos preparativos, digamos assim, para a aparição pública do Imperador, que naquele dia ia tomar o trono a que seu pai, o Imperador Akihito, resignara trinta e cinco anos e cinco meses depois. Vale notar que a abdicação é a primeira nos últimos dois séculos de história do Japão, país com a monarquia mais longa do mundo.

Na verdade, Naruhito está no lugar de Imperador desde Maio último, mas para ser apresentado ao mundo leva-se seis meses de formações diversas, que nunca dão em reprovação.

E então apareceu o Imperador para logo a seguir sua Majestade, a Imperatriz Masako. Diante deles, cento e oitenta e seis delegações estrangeiras à espera de ouvir a sua voz e a do Primeiro Ministro no seu discurso de compromisso. Preparados para horas de ouvir, Neruhito das mãos de um dos seus servidores, recebeu um papel A4, dobrado várias vezes de alto a baixo, no mesmo sentido foi lendo e em menos de quatro minutos, já entregava o papel de volta. Então o Primeiro Ministro, que esteve plantado em frente do Imperador, do bolso interior do casaco tirou um papel, da mesma forma dobrado, e fez a leitura de compromisso, em texto um pouco mais longo, mas igualmente breve. Nunca antes igual visto em cerimónia que não desta dimensão: simples, lindo e de muita profundidade.

Os membros da família real sempre dispostos a oferecer o seu sorriso, a sua simpatia. O casal imperial, de pé num enorme salão, apertou a mão de duzentas e setenta e duas pessoas: que obra, mas também não se convidam pessoas para lhes prestar atenção!

Com o mesmo nível de organização, o pormenor do tempo, cada delegação foi se retirando para os seus lugares de viver. Já podia atirar para o fundo do guarda-roupas o White tie ou o morning coat, o vestido longo ou traje tradicional, enquanto esperava pelo momento seguinte. Quem sabe se o leitor não deve esperar por esse momento?

E chovia em Tóquio!

Djenguenyenye Ndlovu

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction