Imprimir
Categoria: Opinião & Análise
Visualizações: 1844

Retalhos e Farrapos: Não há Internet para África (Concl.) - Hélio Nguane

Colocou a cabeça para funcionar. Percebeu que estava longe da terra que o viu nascer. Olhou para o horizonte, viu a falta de caos, percebeu as milhas que o separam da cova e relaxou. Instantes depois ficou tenso, rebolou na cama, mordeu a almofada e soltou um grito de raiva, que causou arrepios aos companheiros do quarto. Olhou para o relógio e percebeu que estava na capital, mas não em Taleex.

Levantou-se da cama, olhou para o universo que o rodeia, tomou banho e vestiu um fato de treino de uma marca americana. Gargalhou ao recordar do fracasso americano, sentiu-se forte, um somali que derrubou um helicóptero com uma pedra. Viu-se Golias reencarnado e aceitou com leveza os olhares de estranheza que via na rua.

Entrou na pastelaria, posicionou-se no caixa e começou a contar. Viu um jovem franzino a entrar, reparou que ele trazia um laptop. Reparou para ele a escrever e aguardou até ao momento em que pagaria a conta. Viu as moedas e calculou o troco para entregar. No final, deu um adeus.

Fechou os olhos e imaginou-se na Somália a escrever cartas.

Um chefe monitor

Mussá Mohamed acordou, fez o Salat. Olhou para os seus filhos que estão em Maputo. Teclou com os seus familiares além-fronteiras. Sorriu, ao compartilhar momentos de alegria com os seus conterrâneos. Entrou para o carro e foi monitorar a sua pastelaria. Sentou-se, olhou para a vassalagem dos seus trabalhadores e sentiu-se mais chefe. Olhou para os poucos clientes, mesmo assim sentiu-se mais empresário, pois, o dinheiro mensal já tende a ser o mesmo.

Olhou com desdém para o jovem franzino, que teclava no laptop, nem se deu ao trabalho de reparar  para a atenção que os serventes davam ao jovem. Viu ele a sair, mesmo assim continuou indiferente, pois a Internet estava rápida.

E eu?

Como já disse, a Internet para mim estava lenta. Tive que fazer das minhas para enviar o texto. Reparei para todos da pastelaria e até vesti a sua alma.