Imprimir
Categoria: Página da Mulher
Visualizações: 5861

HÁ maior consciência social sobre os efeitos negativos das uniões prematuras, mercê das várias intervenções realizadas com a aprovação e implementação da Estratégia Nacional de Prevenção e Combate a este fenómeno, que afecta 48 por cento das meninas moçambicanas. Leia mais