Imprimir
Categoria: Política
Visualizações: 1046

OS restos mortais do jornalista e locutor aposentado da Rádio Moçambique (RM), Edmundo Galiza Matos, vão a enterrar esta quarta-feira (16) no cemitério da Lhanguene, na cidade de Maputo.

A anteceder o sepultamento, a urna estará na sede do Sindicato Nacional de Jornalistas para que colegas de profissão, amigos e todos interessados possam prestar a sua última homenagem à Galiza Matos.

Falecido na tarde de domingo no Hospital Central de Maputo, vítima de cancro, Galiza Matos, ingressou nos quadros da RM, emissor regional de Cabo Delgado, em 1975, tendo sido transferido para Nampula, em 1980. Dez anos depois rumou para a sede, na capital do país, como repórter-redactor. Reformou em 2011, já como editor-chefe.