Director: Júlio Manjate

ESPERANÇA Bias, 62 anos de idade, foi ontem eleita a quinta presidente da Assembleia da República (AR), a segunda mulher no cargo, durante a primeira sessão ordinária da IX legislatura, resultante das eleições legislativas de 15 de Outubro de 2019.  

A nova presidente da Assembleia da República, deputada pela bancada parlamentar da Frelimo, foi eleita com 179 votos validamente expressos, de um total de 246 mandatários do povo que se fizeram às urnas na eleição onde era a única candidata a este cargo.

A eleição da nova presidente do Parlamento foi orientada pelo Chefe do Estado, Filipe Nyusi, e a cerimónia de tomada de posse dirigida pela presidente do Conselho Constitucional, Lúcia Ribeiro, na presença dos deputados, representantes dos órgãos de soberania, membros do Governo, do corpo diplomático acreditado em Maputo e demais convidados.

Na sua primeira intervenção, Esperança Bias prometeu trabalhar para consolidar o papel legislativo e fiscalizador da Assembleia da República, pedindo colaboração de todos os segmentos da sociedade moçambicana e da comunidade internacional.

“Vou trabalhar para consolidar o papel da Assembleia da República na sua função legislativa e fiscalizadora e desenvolverei acções para aprofundar a cooperação a nível regional, continental e internacional”, afirmou Esperança Bias.

Questionada por jornalistas, antes de ser empossada para este cargo, Esperança Bias afirmou que a sua orientação será para consolidar o papel da Assembleia da República e que os seus instrumentos de trabalho sejam respeitados.

Para tal, segundo disse, espera trabalhar e contar com apoio e colaboração dos 250 deputados eleitos e todos os funcionários do Parlamento, com o objectivo de garantir que o voto confiado aos mandatários do povo pelos eleitores responda aos seus anseios.

“O nosso maior desafio é conseguir consensos sobre os aspectos fundamentais a serem discutidos na Assembleia da República, para que a legislação e os diversos instrumentos a serem discutidos sejam aprovados de forma consensual pelas três bancadas”, disse Esperança Bias.

Questionada sobre o comportamento de alguns deputados reeleitos para esta legislatura, Esperança Bias disse que o seu papel será de aconselhamento para que estes assumam que o povo quer ver resultados, e a escolha dos deputados foi feita para encontrar soluções para os seus problemas.

Esperança Laurinda Francisco Nhiuane Bias, seu nome completo, sucede neste cargo a Verónica Macamo Dlhovo, que presidiu a Assembleia da República nas últimas duas legislaturas, ou seja, de 2009 e 2019, quando terminou a VIII legislatura.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction