Imprimir
Categoria: Política
Visualizações: 1412

CINCO supostos membros da Junta Militar da Renamo foram mortos, durante um confronto armado com a Polícia da República de Moçambique (PRM), no posto administrativo de Dombe, distrito de Sussundenga, província de Manica.

Durante a operação, as Forças de Defesa e Segurança recuperaram três armas de fogo do tipo AK 47, sete carregadores e 120 munições, anunciou esta quinta-feira em Manica, fonte das FDS.

O chefe do departamento das Relações Públicas, no Comando provincial da Polícia da República de Moçambique em Manica, Mário Arnaça, explicou que os homens armados mortos em combate, vinham protagonizando ataques desde Abril último, no posto administrativo de Dombe e no distrito de Gondola.

Arnaça disse haver evidências de que os supostos membros da Junta Militar da Renamo, que há duas semanas vandalizaram o Posto de Saúde de Chipindaumwe, no distrito de Gondola, foram mortos nesta operação.- (Notícias/RM)