Director: Lázaro Manhiça

A MINISTRA dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Macamo, recebede 07 a 12 de Setembro,em audiência,a Missão da União Africana (UA), liderada pelo  Comissário dos Assuntos Políticos, Paz e Segurança, Embaixador Bankole Adeoye, que efectua uma visita à Moçambique.

Segundo um comunicado a que o Noticias Online teve hoje acesso, durante a sua estadia no nosso pais, a delegação da UA efectuará uma visita à província de Cabo Delgado para se inteirar da situação humanitária e proceder a doação de USD 150 mil dólares americanos, como parte de assistência humanitária da organização continental à Moçambique.

Além de ser recebida pela ministra Verónica Macamo, a Missão da UA irá manter encontros com os ministros da Defesa Nacional e do Interior, Jaime Neto e Amade Miquidade, respectivamente; a Presidente do Instituto Nacional de Gestão de Desastres (INGD), Luísa Meque; bem como com o representante da Missão da SADC em Moçambique, Mpho Molomo.

Comments

MOISÉS Augusto Gueves, adjunto do comissário da polícia, de 51 anos, é o novo comandante da Polícia da República de Moçambique (PRM) na província de Manica, em substituição de Francisco Raul Simões,que perdeu a vida em Junho, num acidente de viação.

Gueves exercia as mesmas funções no Niassa, para onde havia sido transferido de Manica,onde exercia as funções de director da ordem.

O novo comandante da PRM foi apresentado no sábado pelo comandante-geral, Bernardino Rafael, quepediu colaboração de todos parafacilitar o trabalho do recém-nomeado.

Desafiou o novo comandante acontinuar com o trabalho operativo visando garantir a ordem, segurança e tranquilidade públicas na província de Manica, ao mesmo tempo que deve procurar reduzir os acidentes de viação.

“Vamos lutar incansavelmente contra a criminalidade, acidentes de viação, incluindo o garimpo ilegal, para o que devemos estar de mãos dadas para que os problemas que tocam a vida de cada um sejam resolvidos cabalmente”, pediu Moisés Augusto Gueves.

Na cerimónia deapresentação do comandante provincial, Bernardino Rafael entregou11 viaturas damarca Mahindra para reforçaros comandos distritais.

Comments

O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, acaba de depositar uma coroa de flores na Praça dos Heróis, na cidade de Nampula, província do mesmo nome, no quadro das celebrações do 7 de Setembro, dia em que foram assinados os Acordos de Lusaka, na Zâmbia, em 1974, pondo fim aos 10 anos da luta armada de libertação nacional.

O estadista visita neste momento uma exposição gastronómica e fotográfica , alusiva a efeméride, cujas cerimónias centrais iniciaram ontem naquela cidade, com o lançamento do livro do general na reserva Salvador Mtumuke, intitulado “O fim da Luta de Libertação Nacional em Moçambique: Operação Omar”.

O ponto mais alto do acto será marcado pela condecoração de 25 combatentes com a medalha Veterano da Luta de Libertação Nacional, seguido de um comício popular.

Em todas as províncias do país estão também programadas diversas actividades de indole político cultural, com destaque para cerimónias de deposição de flores e condecorações aos libertadores da pátria.

Comments

O PRESIDENTE Ruandês, Paul Kagame, garante que o apoio militar para estabilizar a província de Cabo Delgado é totalmente suportado por recursos internos e não de financiadores da França ou da petrolífera Total.

“Até agora, estamos a usar meios próprios. Temos meios decentes que estamos satisfeitos em poder partilhar. Não há ninguém a patrocinar-nos”, referiu Paul Kagame numa entrevista à televisão pública ruandesa RBA, descrita pela Lusa.

Sobre a rapidez de resposta do Ruanda aos ataques terroristas, antes da intervenção da  força conjunta da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), Kagame ironizou: “Há um vizinho com a casa a arder e aquele que chega primeiro é questionado: porque é que foi tão rápido a apagar o fogo? (...) Nunca tinha visto isto”.

Ruanda é o quinto país que mais contribui para operações de paz das Nações Unidas, com um total de cerca de 5.100 elementos.

Por outro lado, o Presidente ruandês garante que o Ruanda não está interessado com os recursos minerais e espera que os investidores na extracção de gás retomem as actividades oportunamente.

A extracção de gás na província de Cabo Delgado é o maior investimento privado da actualidade em África, avaliado em 20 mil milhões de euros. 

 

Comments

O GOVERNADOR da província de Cabo Delgado, Valige Tauabo, apelou ontem (04) à população da aldeia de Gothe e Ngeue, no distrito de Ancuabe, para levar às autoridades todos que se apresentarem nos próximos dias como deslocados de guerra, para efeitos de triagem.

De acordo com Tauabo, a medida visa prevenir a infiltração de terroristas, que fogem das zonas onde as Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM), do Ruanda e da SADC estão a intensificar suas acções contra os malfeitores.

“Alguns vão se fazer passar por deslocados, por isso, todos que chegam à aldeia devem se apresentar às autoridades”, exortou Tauabo.

O dirigente escalou aquelas comunidades à caminho do distrito de Meluco, na parte central da província, no início do trabalho de monitoria da execução do Plano Económico, Social e Desenvolvimento.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction