Director: Lázaro Manhiça

PELO menos seiscentas mil pessoas poderão ser, directa ou indirectamente, afectadas pelo ciclone tropical Eloise, na sua passagem este fim-de-semana pelas províncias de Sofala, Inhambane e Gaza, segundo dados anunciados ontem, em Maputo, pelo Instituto Nacional de Gestãoe Redução de Risco e Desastres (INGD).

Reunido em Conselho Técnico, o INGD determinou ainda a partida hoje de equipas multissectoriais para as zonas em risco, visando o reforço dos trabalhos em curso, nomeadamente, o pré-posicionamento de meios para socorrer a população.

António Beleza, porta-voz da instituição, disse a jornalistas, no final da reunião, estarem igualmente em preparação planos de resposta com base nas estimativas e impactos esperados com a passagem ou aproximação da tempestade que se prevê alcance hoje o Canal de Moçambique. E uma das principais missões das equipas é trabalhar com as autoridades locais apoiando-as na sensibilização da população para se retirar das zonas de risco a fim de se evitarem perdas humanas.

“Já posicionámos bens e meios em alguns locais considerados estratégicos e, dependendo das actualizações, vamos reposicioná-los melhor. Vamos, igualmente, avaliar as vias de acesso que poderão ser afectadas para não termos problemas no momento de dar resposta à população”, disse.

Por seu turno, Agostinho Vilanculos, da Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos, disse que, devido à passagem do ciclone tropical, existem seis bacias em risco de inundações.

Destas, três estão na província de Inhambane, nomeadamente: Mutamba, Nhanombe e Govuro, muito embora esta última não tenha riscos altos, na medida em que não possui muitas habitações nas imediações.

Vilanculos acrescentou que as bacias de Mutamba e Nhanombe estão já no nível de alerta e, se continuarem a receber cargas de precipitação, podem transbordar criando dificuldades na transitabilidade rodoviária.

Já a bacia do Limpopo, segundo as suas palavras, está com caudais muito altos estando em alerta há alguns dias.

Com a passagem da tempestade, o sistema vai receber precipitação acima de 200 milímetros em 48 horas.

“Esta chuva é significativa, daí que a população deve estar em alerta máximo e a acompanhar a evolução da informação que vai sendo prestada. São cerca de 150 mil pessoas em risco de inundações só nesta bacia”, frisou.

A bacia do Incomati, tal como indicou, está com níveis baixos, porém, devido à magnitude da precipitação, rapidamente, pode incrementar os volumes de encaixe e transbordar.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction