Imprimir
Categoria: Nacional
Visualizações: 1906

DEZASSETE malawianos estão retidos no comando distrital da Polícia da República de Moçambique (PRM) de Mutarara, província de Tete, por imigração clandestina.

Segundo a porta-voz da direcção provincial de Migração de Tete, Amélia Direito, os indivíduos foram interpelados, ontem quarta-feira (03), na ponte Dona Ana, naquele distrito.

Direito explicou que nenhum deles possui documentos de viagem que autoriza permanência no país e, neste momento estão em curso diligências para seuo repatriamento para o seu país de proveniência.

(RM)