PHC

Director: Lázaro Manhiça

CINCO cidadãos moçambicanos estão detidos, desde ontem domingo (03), pelo Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) na província de Tete, após serem encontrados na posse de 11 pontas de marfim, dentes de leão, pele de leopardo e um esqueleto de pangolim na Cidade de Tete e Vila de Chitima, distrito de Cahora-Bassa.

A porta-voz daquela instância policial, Celina Roque, disse hoje ao nosso jornal que a quadrilha foi denunciada por fiscais da Administração Nacional das Áreas de Conservação que tomaram conhecimento de movimento de grupo de indivíduos na posse e venda de troféus de animais selvagens.

“Após a denúncia, a SERNIC fez-se ao terreno e durante o seu trabalho acabou neutralizando em flagrante os cinco indivíduos na posse dos troféus na Vila de Chitima e Cidade de Tete”, confirmou a responsável do Departamento de Relações Públicas da SERNIC em Tete.

A nossa fonte acrescentou que os animais selvagens foram abatidos no interior do Parque Nacional de Mágoè que contempla os distritos de Cahora-Bassa, Mágoè e Changara na província de Tete.

Os indiciados declararam que os troféus foram adquiridos nos caçadores furtivos nos distritos de Cahora-Bassa e Mágoè e o destino era para a sua comercialização aos interessados na capital provincial de Tete.

(BERNARDO CARLOS)

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction