Imprimir
Categoria: Nacional
Visualizações: 684

MIL e quinhentos habitantes da localidade de Matsequenha, distrito da Namaacha, província de Maputo, passam a dispor de atendimento sanitário mais próximo do seu local de residência com a inauguração, na terça-feira, de um novo centro de saúde.

A infra-estrutura foi patrocinada pela Pedreira de Namaacha, no âmbito sua responsabilidade social,  comportando uma farmácia, laboratório para análise de diferentes patologias, serviços de consulta pré-natal, saúde materno-infantil e maternidade.

Júlio Parruque, governador da província de Maputo, disse, no acto de inauguração da unidade, que esta é uma resposta ao pedido formulado pelos habitantes da região e prometeu mais acções para impulsionar o desenvolvimento local.

Indicou que esta unidade sanitária terá impacto significativo na qualidade de vida da população, que percorria longas distâncias para ter serviços de saúde.

"Não obstante disporem de uma unidade sanitária, não relaxem na prevenção da Covid-19. Usem sempre a máscara, lavem as mãos com água e sabão e observem o distanciamento físico", exortou.

Apelou igualmente aos moradores para que continuem a produzir comida e a criar animais para a melhoria da dieta alimentar.

Ainda no distrito da Namaacha, o governador entregou quatro novas salas de aula à  Escola Primária de Macanda, construídas com o financiamento do Fundo de Apoio ao Sector da Educação, no valor de mais de 6,5 milhões de meticais.

 Lembrou aos pais e encarregados de educação que o lugar da criança é a escola e não apenas o pastoreio de gado.