Director: Júlio Manjate

Mais de cinquenta funcionários do Município de Guruè, na Zambézia, tentaram boicotar, esta segunda-feira, as celebrações dos quarenta e oito anos da cidade, através de manifestações, em revindicação de quatro meses de salários em atraso.

 A onda de manifestação começou na Praça dos Heróis e terminou nos Paços do Município, com cartazes e cânticos, exigindo o pagamento de salários dos meses de Dezembro de 2019, décimo terceiro, salários de Janeiro e de Fevereiro corrente, um problema que  afecta perto de 250 trabalhadores, incluindo os da Assembleia Municipal.

O representante do grupo dos trabalhadores, Miguel Braz, disse que os funcionários prometeram paralisar as actividades caso os salários não  fossem pagos dentro de poucos dias.

Entretanto, o Presidente do Conselho Municipal de Guruè, na Zambézia, José Aniceto, disse estar aberto ao diálogo e disponível a encontrar consensos com os trabalhadores para a resolução do problema.

Pediu calma e serenidade, enquanto são mobilizados recursos para o pagamento da dívida, avaliada em mais de cinco milhões de meticais.

O administrador de Guruè, Costa Chirembwè, foi obrigado a intervir para acalmar os ânimos, tendo prometido dialogar com os trabalhadores esta terça-feira no salão nobre da edilidade. (Notícias/RM)

 

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction