kids

Director: Lazaro Manhiça

Cento e onze estrangeiros de nacionalidades zimbambweana, malawiana e brasileira foram repatriados para os seus países de origem durante a semana passada. O número representa um aumento em 100 por cento de repatriamentos comparativamente a igual período do ano passado, em que foram registados seis cidadãos.

Alguns dos repatriados teriam entrado clandestinamente no país, enquanto outros estavam impossibilitados de sair devido à restrição de viagens, em virtude do estado de emergência que vigora há dois meses.

“Do total de estrangeiros, 11 zimbabweanos e um malawiano eram imigrantes clandestinos e os restantes brasileiros que estavam impossibilitados de sair do país por causa do decreto presidencial”, disse ontem, Celestino Matsinhe, porta-voz do Serviço Nacional de Migração (SEMAMI).

Ainda no período em análise, três estrangeiros, dois dos quais sul-africanos e outro zimbabweano, foram impedidos de entrar no país por falta de clareza quanto ao motivo da vinda, explicou.

Referiu ainda que o cidadão de nacionalidade zimbambweana apresentou temperatura acima de 37 graus no acto de rastreio.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction