Imprimir
Categoria: Nacional
Visualizações: 920
A EMPRESA Cimentos de Moçambique assegura que não haverá espaço para redução da mão-de-obra, devido aos efeitos da pandemia da Covid-19 sobre a economia. A garantia foi dada, segunda-feira, pelo director-geral da empresa, em entrevista à Rádio Moçambique. Edney Vieira explicou que, neste momento, a empresa mantém os seus níveis de produção, contando actualmente com cerca de 400 trabalhadores directos e outros indirectos. Sublinhou que mesmo com as medidas de distanciamento físico, a empresa tem conseguido abastecer os principais mercados do país.