Imprimir
Categoria: Nacional
Visualizações: 924

Organizações da sociedade civil recomendam o Governo a criar um mecanismo institucionalizado de diálogo, para se ultrapassar os problemas derivados do reassentamento das comunidades abrangidas pelos projectos de exploração de carvão, na província de Tete.

Segundo a Rádio Moçambique, o mecanismo de diálogo deverá congregar os Ministérios da Terra e Ambiente e dos Recursos Minerais e Energia, multinacionais ligadas à exploração de carvão mineral, comunidades e a sociedade civil.

A recomendação é da SEKELEKANI, órgão da sociedade civil, que publicou, terça-feira, um relatório do estudo de impacto ambiental da mineração de carvão a céu aberto, no distrito de Moatize.