Director: Lázaro Manhiça

O MINISTÉRIO da Saúde (MISAU) anunciou ontem (12) o arranque, próxima segunda-feira, da vacinação de outros grupos profissionais e sociais, uma vez concluído o mesmo exercício junto dos trabalhadores do sector da saúde.
Segundo a directora nacional adjunta da Saúde Pública, Benigna Matsinhe, esta fase vai contemplar os diabéticos, reclusos, pessoas com terapia imunosupressiva, professores, jornalistas, entre outros grupos identificados pelo MISAU.
Falando durante o briefing semanal de actualização da situação da Covid-19 em Moçambique, Benigna Matsinhe explicou que, com excepção das pessoas com terapia imunosupressiva e reclusos, em todos os grupos abrangidos serão vacinados indivíduos com mais de 60 anos de idade.
“Iremos começar com estes e, gradualmente, vamos acrescentando os das outras idades para a vacinação”, esclareceu, segundo a AIM.
A fonte assegurou que as autoridades sanitárias estão a trabalhar no sentido de receber mais vacinas e, conforme forem chegando, “vamos acrescentando outros grupos para a vacinação.”
Em relação à vacinação dos trabalhadores de Saúde, Matsinhe disse ter sido concluída semana finda, a segunda dose.
“Terminamos a primeira dose com uma cobertura de mais de 84 mil pessoas vacinadas”, afirmou.
Revelou também que do lote das 200 mil vacinas recebidas da China ainda existiam algumas doses a nível central.
Para além das vacinas doadas pela China, Moçambique recebeu um segundo lote de 438 mil doses, das quais 384 mil doses são da iniciativa Covax e as restantes 100 mil doadas pelo governo indiano.
 

Comments

A POLÍCIA da República de Moçambique (PRM) considera falsas informações postas a circular, nos últimos dias, nas redes sociais e em alguns órgãos de comunicação social, sobre a eminência de um ataque terrorista a cidade de Pemba, capital da província de Cabo Delgado.

Falando em conferência de imprensa havida segunda-feira, em Pemba, o porta-voz da PRM em Cabo Delgado, Ernesto Madungue, disse que são informações falsas proferidas por pessoas com interesses obscuros e que apenas visam criar medo e semear terror no seio dos residentes de Pemba.

Madungue garante que Pemba está bem protegida contra uma eventual investida de terroristas e pede aos cidadãos para que redobrem a vigilância denunciando junto as autoridades competentes quaisquer actos que possam constitui um atentado contra a segurança e tranquilidade públicas.

“Há mensagens que estão a circular nas redes sociais através do Facebook e WhatsApp alertando que a cidade de Pemba vai sofrer um ataque. A mensagem dizia que cidade seria atacada no domingo (11). Em termos de segurança, Pemba está segura”, disse o porta-voz, citado pela Rádio Moçambique, emissora nacional.

Por isso, a fonte acrescenta que “queremos exortar a toda a população ao nível da cidade de Pemba para se manter serena, mais vigilante e denunciar aquelas pessoas que andam a propalar essas informações”.

Garantiu que se a PRM apurar qualquer situação que coloque em causa a ordem e segurança públicas vai-se pronunciar em devido tempo. “Qualquer situação que coloque em causa a ordem e segurança públicas a polícia vai convocar uma conferência de imprensa para se pronunciar.

Sobre o recolher obrigatório, explicou a fonte, é uma medida adoptada pelo Governo nas 11 capitais provinciais e visa travar a propagação da pandemia da Covid-19. Reconheceu que também vai ajudar a reforçar as medidas de controlo da cidade com vista a garantir que não haja qualquer situação que coloque em causa a ordem e segurança pública.

As informações falsas levaram alguns pais a impedir os seus filhos de irem à escola e outros cidadãos a abandonar a cidade de Pemba.

Comments

MAIS 497 indivíduos recuperaram da infecção pelo novo coronavírus, nas últimas 24 horas, o que aumenta o cumulativo para 59.401 pessoas curadas da doença, num dia em que, o país não registou óbito.

No período em causa foram testaram positivo mais 34 casos, em 709 amostras submetidas à testagem contra o novo coronavírus. Nos centros de tratamento da covid-19, cinco doentes deram entrada nos centros de tratamento, igual número teve alta hospitalar e permanecem acamados 52 pacientes da covid-19.

Assim, o país possui 8.596 casos activos e 791 óbitos.

Comments

INDIVÍDUOS desconhecidos assaltaram, na madrugada deste sábado (10), o posto policial de Caphirizange, no distrito de Moatize, província de Tete.

Os malfeitores dispararam vários tiros contra o posto policial e a viatura que se encontrava parqueada naquela unidade.

A porta-voz do Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM), em Tete, Deolinda Matsinhe, confirma a ocorrência e disse que uma equipa multissectorial foi constituída para esclarecer o caso, assegurando que neste momento, está garantida a segurança, ordem e tranquilidade, públicas.

“Dispararam e se puseram em fuga. Neste momento a polícia está no local, a situação já está calma e controlada. Há um trabalho que está sendo feito para tentar apurar o que é que realmente os indivíduos pretendiam e quem eram esses indivíduos e para responsabilizá-los criminalmente. Felizmente , não tivemos vítimas dos disparos“, disse.

A porta-voz da PRM em Tete, apela à população para manter vigilância e denunciar qualquer movimentação de indivíduos de conduta duvidosa.

O posto administrativo de Caphirizange está localizado no corredor Tete – Zóbue - Calómwè, que dá acesso ao vizinho Malawi. Há quase dois anos vários indivíduos morreram queimadas e outras contraíram ferimentos entre ligeiros e graves na sequência da explosão de uma cisterna que continha combustível líquido, num camião que se dirigia ao Malawi.

(Notícias/RM)

Comments

MAIS de duzentas famílias receberam, na última sexta-feira, kits de sementes, para a segunda época da campanha agrária 2020/2021, na localidade de Siaia, distrito de Chongoene, Gaza.

Cada kit é constituído por sementes de tomate, cebola, pepino, repolho, alface, couve, cenoura, quiabo, milho e feijões.

As sementes foram adquiridas com financiamento espanhol, no valor de 955 mil meticais, através da Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Rurais (ADCR) e Associação Madre Coraje (AMC).

A oferta surge em resposta ao pedido manifestado pelo Serviço Distrital de Actividades Económicas (SDAE) a ADCR, para fazer face à crise de sementes, provocada pela queda de chuvas que se registaram em Dezembro e Janeiro últimos, que destruíram diversas culturas.

As sementes foram oferecidas aos membros de dez associações agro-pecuárias, maioritariamente integradas por mulheres.

Armando Macome, director da ADCR, disse que o apoio a famílias que lutam contra fome, através de produção de alimentos, é um dos  melhores investimentos, no qual “vale a pena apostar, e um exemplo a seguir, porque encoraja a aceleração do desenvolvimento nas comunidades  rurais”.

Macome pediu aos beneficiários para o uso racional sementes, desde a preparação da terra, sementeira e a observância de todos os cuidados subsequentes até a colheita, para que a iniciativa seja sustentável  e atractiva a mais parceiros.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction