Director: Lázaro Manhiça

RESULTANTE DAS DÍVIDAS NÃO DECLARADAS: Mabunda nega devolver 387 milhões ao Estado

HÉLIO FILIMONE 

O RÉU Fabião Mabunda afirmou hoje em tribunal que o dinheiro que recebeu é da Privinvest, razão pela qual não vê a obrigatoriedade de devolver ao Estado os mais de 387 milhões de meticais que entraram na conta da sua empresa M Moçambique Limitada, no contexto das dívidas não declaradas calculadas em 2.2 mil milhões de dólares norte-americanos. LEIA MAIS NO JORNAL DIGITAL

Comments

TERMINOU esta tarde a audição do réu Fabião Salvador Mabunda que desde ontem (13) respondia ao interrogatório de produção de provas no caso das dívidas não declaradas, no julgamento que decorre no Estabelecimento Penitenciário de Máxima Segurança, vulgo BO, na Machava, província de Maputo.

No fim da sessão de hoje (14), o juiz do caso Efigénio Baptista marcou para quinta-feira (16) a audição da 10ª ré Ângela Leão, esposa de Gregório Leão, antigo director-geral do SISE, que estava no tribunal para ser ouvida pelo juiz.

O casal é apontado pelo Ministério Público como tendo usado Fabião Mabunda para receber dinheiro vindo da Privinvest, agindo em concertação.

Amanhã não haverá julgamento na BO, por se de descanso do tribunal que julga o caso das dívidas não declaradas.

Comments

O SECTOR de estradas em Gaza está a investir cerca de trinta milhões de meticais nas obras de manutenção e reabilitação da estrada Mapai-Massangena, numa extensão de mais de 200 quilómetros.

Trata-se uma via terraplanada, de capital importância, para a ligação rodoviária do distrito de Massangena e o resto da província, que sofreu vários cortes devido as chuvas ocorridas no princípio deste ano.

As obras consistem no tapamento de buracos e reconstrução de 12 aquedutos.

Para flexibilizar o trabalho, tendo em conta a época chuvosa que se avizinha, a Administração Nacional de Estradas (ANE), dividiu o troço em quatro lotes e adjudicou a igual número de empreiteiros, que neste momento trabalham na mobilização dos equipamentos.

O Secretário do Estado em Gaza, visitou domingo (12), a estrada Mapai-Massangena, onde Nelson Horácio, substituto do delegado da ANE na província, deu detalhes sobre o que vai acontecer no terreno.

Amosse Macamo recomendou à ANE  o cumprimento rigoroso dos prazos, para que as obras terminem antes do período chuvoso. (RM)

Comments

O INSTITUTO Nacional de Meteorologia (INAM) alerta para a ocorrência de calor intenso amanhã (15), em todos distritos das províncias de Maputo e Gaza.

De acordo com uma nota emitida hoje pelo INAM, o fenómeno será caracterizado por tempo muito quente e húmido com temperaturas máximas a variarem entre 36 e 39 graus Celsius.

O documento prevê a mudança do estado do tempo e ocorrência por aguaceiros ou chuvas fracas, acompanhadas de ventos com rajadas no final do dia e, nas primeiras horas de quinta-feira (16).

Face ao desconforto causado pelo calor e chuvas, as autoridades recomendam para a tomada de medidas de precaução e segurança.

Comments

A SEXTA secção do tribunal judicial da cidade de Maputo retomou hoje (14) o segundo dia da audição do réu Fabião Salvador Mabunda, para esclarecimentos dos contornos do seu envolvimento no caso das dívidas não declaradas.

O julgamento, que teve início no dia 23 de Agosto, decorre no recinto do Estabelecimento Penitenciário de Máxima Segurança da Machava (BO), no município da Matola, província de Maputo e já foram ouvidos oito dos 19 réus do caso das dívidas não declaradas.

Mabunda começou por não responder algumas questões formuladas pelo assistente da Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM), dizendo: “não vou responder a essa pergunta”; “não me recordo” e “já respondi ontem essa pergunta  já foi consignada na acta.”

Entretanto, outras questões da OAM foram respondidas pelo réu Fabião Mabunda, de 42 anos, técnico de construção civil, acusado pelo Ministério Público (MP) de cometimento dos crimes de falsificação de documentos, abuso de confiança, associação para delinquir e branqueamento de capitais.

O interrogatório é descrito como fundamental para clarificar os mais de 253 milhões de meticais que recebeu da Privinvest, através da sua empresa de construção civil, que depois os fez chegar à família Leão, nomeadamente Gregório Leão, antigo director-geral do Serviço de Informação e Segurança do Estado (SISE), e sua esposa, Ângela Leão.

O Tribunal já ouviu Cipriano Mutota, Teófilo Nhangumele, Armando Ndambi Guebuza, Bruno Langa, Sérgio Namburete, Inês Moiane, secretária do antigo Presidente da República, Armando Guebuza, Elias Moiane e Renato Matusse, conselheiro político do antigo Chefe do Estado.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction