Director: Lázaro Manhiça

O Exército da África do Sul localizou pelo menos 50 cidadaos sul-africanos que se encontravam desaparecidos devido aos atentados terroristas na sede do distrito de Palma, em Cabo Delgado.

”O Governo pode confirmar que, com excepção de uma pessoa que morreu tragicamente na violência, mais de 50 sul-africanos que foram dados como desaparecidos, através do Alto Comissariado da África do Sul, em Maputo, foram localizados”, disse o porta-voz das autoridades militares sul-africanas, Siphiwe Dlamini, citado pela DW.
No passado dia 24 de Março grupo terrorista Al Ansar al-Sunna, conhecido como al-Shabaab em Moçambique, e ligado ao Daesh, atacou à vila sede de Palma, provocando dezenas de mortos e obrigando à fuga de milhares de residentes da vila, agravando a crise humanitária.
Segundo dados da Organização Internacional das Migrações (OIM), 9.900 pessoas chegaram de Palma aos distritos de Nangade, Mueda, Montepuez e Pemba desde 24 de Março.
O ataque obrigou a petrolífera francesa Total a retirar o pessoal que mantinha no projecto de gás situado a cerca de 25 quilómetros da vila de Palma. A retirada incluiu empresas subcontratadas que se mantinham na área do maior investimento privado em curso em África.
A Força Nacional de Defesa da África do Sul (SANDF, na sigla em inglês) está a assistir o Alto Comissariado de Pretória em Moçambique no repatriamento de nacionais sul-africanos para a África do Sul.
Na sexta-feira, o Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, disse que militares do seu país estavam a garantir em Cabo Delgado, a segurança dos seus cidadãos afectados pelos atentados terroristas.
Seis cidadãos sul-africanos foram resgatados na passada terça-feira, pela Força Área sul-africana (SAAF), segundo o Ministério da Cooperação e Relações Internacionais (DIRCO).
A operação de evacuação para a África do Sul, realizada pela Força Aérea Sul-Africana, envolveu também o repatriamento dos restos mortais de um homem sul-africano, de 40 anos, que morreu nos atentados terroristas de 24 de Março em Palma, disse o DIRCO.

 

Comments

RETOMOU hoje a circulação de camiões acima de 3.5 toneladas na ponte sobre o rio Limpopo, localizada na estrada nacional nº Um EN1, na cidade de Xai-Xai, província de Gaza.

O tráfego estava suspenso por quase um mês, para camiões acima de 3.5 toneladas para dar lugar ao revestimento do pavimento do tabuleiro da ponte sobre o rio Limpopo.

O director da Administração Nacional de Estrada (ANE), Américo Dimande, disse à imprensa que o trabalho realizado pelo empreiteiro terminou com sucesso e as viaturas podem transitar pela ponte de Xai-Xai, respeitando os limites de carga por eixo, de modo a evitar penalizações e danificação das infra-estruturas da rede viária.

Comments

TRÊS indivíduos estão a contas com a Polícia da República de Moçambique na província de Manica, suspeitos de furto de dois milhões de meticais.

Segundo a polícia em Manica, os supostos ladrões caíram nas malhas da corporação após terem retirado de uma viatura uma pasta contendo dois milhões de meticais, que acabavam de ser levantados num estabelecimento bancário na cidade de Chimoio.

O dinheiro em causa pertence a uma empresa que se dedica à produção de farinha de milho.

Após o acto os supostos ladrões puseram-se em fuga fazendo trajecto Chimoio, Inchope, tendo sido interpelados pela polícia no posto administrativo de Cafumpe no distrito de Gondola.

Os suspeitos negam o envolvimento no crime e trocam acusações entre eles.

Por seu turno o porta-voz da PRM em Manica, Mateus Mindu, disse que os indivíduos ora a contas com a polícia fazem parte de uma rede de criminosos, que envolve cidadãos moçambicanos e zimbabweanos, que se dedicam a assaltos em estabelecimentos comerciais e residências.

Comments

UM corpo de um recém-nascido foi encontrado, na manhã de hoje (06), numa lixeira no bairro Novo, no município de Quelimane. O bebé morto foi descoberto por alunos que na altura dirigiam-se à escola.

A mãe do recém-nascido ainda não foi identificada e presume-se que a visada tenha asfixiado o bebé e depositado no local durante a madrugada de hoje.

O bebé estava embrulhado numa caixa.

Comments

O GOVERNO precisa de um total de 41,6 milhões de meticais para prestar assistência humanitária a cerca de 30 mil pessoas deslocadas em consequência dos recentes ataques terroristas no distrito de Palma, no norte de Cabo Delgado.

Este montante deverá ser aplicado na aquisição de bens alimentares, não alimentares e de higiene a serem distribuídos pelos deslocados durante um período de 30 dias, segundo anunciou ontem o Instituto Nacional de Gestão e Redução de Risco de Desastres (INGD).

LEIA MAIS...

 

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction