Director: Lázaro Manhiça

Mais 25 indivíduos acusaram positivo para a Covid-19, nas últimas 24 horas, o que eleva para um cumulativo de 1583 pessoas infectadas pelo novo coronavírus em Moçambique.

Segundo as autoridades da Saúde, os 25 novos casos resultam da testagem de 621 casos suspeitos no rastreio de contactos de casos positivos e da vigilância activa nas unidades sanitárias.

Rosa Marlene, directora nacional de Saúde Pública, explicou que as amostras dos casos suspeitos foram diagnosticados pelo sector público (388), que teve 24 positivos e um do sector privado que acusou de um total de 241 amostras.

A fonte ressalvou que, no período em causa apenas cinco indivíduos recuperaram da infecção do novo coronavírus, perfazendo 528 pessoas livres da doença e 1041 activos, distribuídos de seguinte forma: Nampula-241, Cabo Delgado-224, Província de Maputo-191, cidade de Maputo-183, Gaza-52, Inhambane-39, Zambézia-27, Manica-24, Tete-22, Sofala e Niassa com 19 casos.

Nas unidades sanitárias, continuam em internamento ligado a esta doença, cinco pacientes, dos quais dois na cidade de Maputo e um em Inhambane, Tete e Nampula. O país já registou 11 óbitos devido à pandemia, referiu.

Comments

O OBSERVATÓRIO do Cidadão para Saúde (OCS), uma ONG nacional, alertou ontem para a vulnerabilidade das pessoas devido ao encerramento de 37 unidades de saúde nos distritos afectados pela violência armada em Cabo Delgado.

O encerramento de 37 unidades sanitárias em Cabo Delgado agrava a situação de milhares de habitantes, segundo uma nota da OCS distribuída à comunicação social. A capital provincial, Pemba, tem sido o principal refúgio para as pessoas que procuraram abrigo e segurança, mas há quem prefira fugir para outros lugares, incluindo Nampula.

Para o OCS, o Governo deve rapidamente tomar medidas para travar o conflito, evitando que “décadas de progresso em relação à expansão e acesso aos serviços de Saúde” sejam afectados.

“Se, por um lado, um grupo de cidadãos perde a vida por não ter conseguido escapar dos ataques perpetrados pelos rebeldes, por outro lado, aqueles que sobrevivem correm o risco de perder a vida por falta de acesso ao sistema de Saúde”, afirma o OCS, observando que é também “importante salvaguardar a integridade dos profissionais de Saúde, para melhor servirem as populações vítimas de conflito e doenças”.

Cabo Delgado é a segunda província que regista maior número de casos activos de infecção pelo novo coronavírus, 203 infectados, depois de Nampula, com 239.

A cidade de Pemba é o segundo ponto declarado como de transmissão comunitária do novo coronavírus, a 21 de Junho, na sequência da rápida evolução do número de infecções.

Comments

O NÚMERO cumulativo de infecções pelo novo coronavírus subiu para 1557, com a notificação de mais 21 testes positivos, registados entre terça-feira e ontem nos laboratórios do sector público e privados.

Trata-se de pacientes cuja condição foi detectada através da vigilância nas unidades sanitárias e do rastreio de contactos de outros doentes.

Segundo o comunicado do Ministério da Saúde recebido na Redacção do “Notícias", do universo dos indivíduos que testaram positivo, 19 são cidadãos nacionais e dois indianos. Todos os pacientes se encontram a cumprir o isolamento domiciliar.

A província de Nampula continua como maior número de contágios, tendo contribuído desta vez com 10 infecções. Manica e Sofala registaram dois casos cada.  Quatro casos são de Gaza e três da cidade de Maputo.

Ainda segundo a fonte, dos 21 casos positivos, 10 são do sexo masculino. Os resultadosforam obtidos a partir de 839 amostras testadas, das quais 389em laboratórios do sector privado.

Entretanto, no período em referência, mais 17 pacientes recuperaram da Covid-19, numa lista que inclui um cidadão de nacionalidade libanesa. Assim, o país conta actualmente com 523 indivíduos livres da doença, onze óbitos vítimas da Covid-19 e dois outros dois por outras causas.

Por complicações associadas ao novo coronavírus, cinco pacientes permanecem internados em centros de isolamento. Em termos cumulativos, 37 indivíduos já estiveram internados desde a eclosão da pandemia,em Março.

Comments

A PRIMEIRA-DAMA, Isaura Nyusi, apela àsociedade parareplicarosgestos de solidariedade para com as pessoas vulneráveis, sobretudo neste tempo da pandemia da Covid-19, que está a ter impacto negativo na economia e na vida social das famílias.

A esposa do Presidente da República fez este convite ontem na cerimónia de entrega de produtos alimentares básicos a 250 famílias de idosos da Associação Cenhameruv, no bairro trevo, posto administrativo da Machava, Município da Matola. LEIA MAIS

Comments
O Presidente da República, Filipe Nyusi, dirige amanhã, dia 23, pelas 09:00 horas, no distrito de Matutuine, província de Maputo, a cerimónia de celebração dos 60 anos da criação de três áreas de conservação da biodiversidade. Trata-se das celebrações da criação do Parque Nacional da Gorongosa, Reserva Especial de Maputo e da Reserva Nacional de Marromeu. A celebração dos 60 anos da criação das três áreas de conservação da biodiversidade, a decorrer na Reserva Especial de Maputo, é um momento de exaltação dos feitos do povo moçambicano no uso sustentável dos recursos naturais. Segundo um comunicado de imprensa emitidi pela Presidência da República, o acto visa, igualmente, reconhecer o papel que as áreas de conservação desempenham no desenvolvimento da economia nacional, na redução da pobreza e na consolidação da paz e democracia. Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction