Imprimir
Categoria: Ciência, Tecnologia e Ambiente
Visualizações: 1004

O GOVERNO da província de Inhambane vai implementar um pacote de medidas adicionais tendentes a elevar o nível deprodução e produtividade, no ramo da aquacultura, que no ano passado registou uma queda de cerca de 100%, em relação a 2019.

A fraca disponibilidade de insumos,comoraçãoe alevinos, escassos serviços de extensão aquícola, deficiente promoção da cadeia de valor, aestiagem que reduz a capacidade instalada nos machongos,para a construção de tanques  de terrae deficientes modelos de intervenção na aquacultura, são apontados como factores que concorreram para retardar a produção e produtividade.

Para rentabilizar o enorme potencial existentepara a técnica de produção de peixe em cativeiro, já foram identificadas acções que, bem implementadas, podem mudar o cenário actual.

O director provincial de Agricultura e Pesca de Inhambane, Francisco Feijão, considera uma nova parceria com  a empresa Leaders  Development, Lda.  no distrito de Inharrime, como uma saída para a recuperação dos níveis de produção, numa  provínciaque, até 2019,era destaque no país. Leia mais