Director: Lázaro Manhiça

UMA equipa multi-sectorial composta pela Polícia Costeira, Lacustre e Fluvial do Ministério do Interior, Alfandegas e Administração Marítima de Moçambique, vai reforçar a fiscalização na baía de Maputo, foz do Rio Limpopo e o Banco de Sofala, durante o período de veda da pesca de camarão de superfície. 

A captura, circulação e comercialização do camarão de superfície está interdita no país, desde domingo, 01 de Novembro, até 31 de Março de 2021, numa medida anunciada pelo Ministério do Mar, Águas, Interiores e Pesca, visando permitir uma reprodução sustentável do marisco.

As equipas foram formadas ao nível das províncias abrangidas, as quais vão operar nos locais de captura, fábricas de processamento, via pública e mercados.  

Segundo o director Nacional das Operações no Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas, Leonildo Chimarizane, falando hoje (03) sobre o início de venda, a medida surge no âmbito da adopção de acções de conservação e preservação dos recursos pesqueiros, que se estabelece anualmente com vista a proteger a desova e animais juvenis.

Explicou que durante a interdição, as embarcações devem permanecer encostadas no respectivo porto-base e as artes de pesca devidamente desarmadas, bem como armazenadas, sendo obrigatória a comunicação prévia à autoridade competente, em caso de qualquer movimentação, transporte e venda de lotes desta pescaria produzidos e armazenados antes do período de veda.  

Sublinhou que as equipas de fiscalização têm o papel importante no combate a violação da veda, porque é nesta época que os pescadores causam mais estragos à fauna aquática, daí que a inspecção será feita, igualmente, por satélites, sobretudo na calada da noite. 

Na ocasião, Chimarizane destacou que a entidade apreendeu perto de 300 quilogramas de caranguejo de mangal, nas províncias de Cabo Delgado, Nampula, e Niassa, cuja exploração está proibida desde 15 de Outubro a 15 de Dezembro.

Avançou que durante os primeiros 15 dias do período de defeso da apanha do caranguejo de mangal,as autoridades visitaram 97 centros de pesca, apreenderam 55 embarcações e inspeccionaram 7.134 artes de pesca, das quais 410 foram confiscadas e destruídas.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction