Director: Lázaro Manhiça

O MINISTRO da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara, encoraja o Instituto Superior de Ciências e Educação à Distância (ISCED) a continuar com a implementacao das suas actividades planificadas e estratégias de formação.

O instituto deve alargar o leque de cursos, capacitando cada vez mais docentes e produzir conhecimento relevante de grande impacto social, fazendo jus à missão de uma Instituição de Ensino Superior (IES).

O repto foi lançado aquando da sua recente visita de trabalho ao ISCED – Centro de Recursos de Chimoio, no decurso da sua visita de trabalho à província de Manica.

Nivagara louvou a instituição por construir o Centro de Recursos de Chimoio, o primeiro edifício de raíz, apetrechando-o com equipamento laboratorial multimídia e, demais facilidades necessárias ao apoio e qualidade do processo de ensino e aprendizagem on-line.

Reagindo ao informe apresentado pela direcçao geral, Nivagara encorajou à levar avante o estabelecimento de parcerias com entidades estratégicas e relevantes para uma maior promoção de formação que garanta a aquisição pelos formandos de competências técnicas e práticas do saber-fazer.

Para inserir-se, satisfatoriamente, no período da Era Digital em que o Mundo e, particularmente o país vivenciam, o governante exortou ao intituto à apostar na formação contínua de seus gestores, tutores e corpo técnico-administrativo, dotando-os de conhecimentos teórico, analítico, técnico e prático.

O dirigente instou o ISCED à tomar como um de seus maiores indicadores de medição de sua intervenção social, a avaliação do nível de absorção dos seus graduados pelo mercado de trabalho, tanto os que trabalham para entidades terceiras, como os que o fazem por conta própria.  

Comments

A MINISTRA do Mar, Águas Interiores e Pescas, Augusta Maíta, dirige amanhã (31), em Maputo, a abertura da campanha de pesca referente ao ano de 2021.

Trata-se de uma cerimónia a ter lugar no Museu das Pescas, com a presença de armadores artesanais, semi-industriais e industriais.

A ocasião servirá igualmente para a projecção da produção que se espera para esta época que, tal como no ano transacto, poderá ser condicionada pela pandemia da Covid-19.

A abertura da campanha de pesca acontece precisamente no dia em que termina o período de cinco meses de veda da pesca do camarão de superfície, que vinha sendo observada no Banco de Sofala, Baía de Maputo e na Foz do Rio Limpopo.

Comments

ARRANCA amanhã (29), em todo o país, a administração da segunda dose da vacina contra a covid-19, processo que abrange profissionais da Saúde, cuja primeira dose foi administrada de 8 a 12 de Março.

De acordo com as autoridades da Saúde, a segunda dose é administrada em cumprimento do protocolo de vacinação, o qual preconiza que para a eficácia da mesma a segunda dose deve ser administrada 21 dias após a toma da primeira.

Neste âmbito, o Ministério da Saúde (MISAU) concluiu a primeira dose abrangendo 75.665 pessoas do grupo prioritário, o correspondente a 84 por cento do total de pessoas previstas.

De acordo com a directora adjunta de Saúde Pública, Benigna Matsinhe, nesta primeira dose também foram incluídos coveiros, trabalhadores de morgues e outros agentes da saúde pública, assim como idosos em lares e diabéticos.

O MISAU prevê arrancar com a segunda fase de vacinação brevemente, podendo abranger mais grupos populacionais com recurso a 340 mil doses. Assim sendo, está prevista a inclusão de jornalistas, professores primários e polícias com idade superior a 50 anos.

Entretanto, quatro pessoas morreram sábado (27), duas do sexo feminino e igual número do sexo masculino, com idades que variavam entre 58 e 73 anos, o que eleva de 762 óbitos.

Comments

CIDADES de quase todo o mundo aderiram ao movimento “Hora do Planeta”, uma operação de mobilização contra as mudanças climáticas e pela conservação da natureza que consiste em desligar as luzes durante uma hora.

Entre as 20:30 e 21:30 horas, dependendo dos fusos horários, locais como a Ópera de Sydney (Austrália), o Coliseu de Roma (Itália), a Praça Vermelha de Moscovo (Rússia), o Portão de Brandenburgo, em Berlim (Alemanha), o Palácio de Westminster e os ecrãs publicitários de Piccadilly Circus, em Londres (Inglaterra) ou a Torre Eiffel, em Paris (França) foram desligados.

A mobilização, que tem carácter anual, é organizada pela World Wide Fund for Nature [WWF, Fundo Mundial para a Natureza, em português] e tem como objectivo apelar à acção sobre as mudanças climáticas e o meio ambiente, tendo o intuito deste ano assentado na ligação entre a destruição da natureza e o aumento da incidência de doenças como a covid-19.

“Seja o declínio dos polinizadores, a diminuição do número de peixes nos oceanos e rios, o desaparecimento das florestas ou a perda mais geral da biodiversidade, crescem as evidências de que a natureza está em queda livre”, disse o director-geral da WWF, Marco Lambertini, que organiza a “Hora do Planeta” desde 2007.

Marco Lambertini acrescentou que “proteger a natureza é nossa responsabilidade moral, mas perdê-la também aumenta a nossa vulnerabilidade a pandemias, acelera a mudança climática e ameaça a nossa segurança alimentar”.

Em Singapura, os arranha-céus foram apagados, com as pessoas a assistirem ao momento na orla costeira, com outras esculturas futuristas nas imediações a serem desligadas também, o mesmo acontecendo em Hong Kong, enquanto na Tailândia o histórico centro comercial CentralWord realizou uma contagem regressiva e desligou as luzes à hora marcada.

Depois da Ásia e da Europa, será a vez de locais como o Empire State Building, em Nova Iorque (Estados Unidos da América), o Obelisco de Buenos Aires (Argentina) e o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro (Brasil) aderirem ao movimento.

(Notícias/RM /NMinuto)

Comments

O MINISTRO da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara, efectua hoje (26) uma visita a campos de produção de semente certificada de milho e feijão, na província de Manica.

O governante vai também visitar o Telecentro de Messica e a Faculdade de Engenharia da Universidade Católica de Moçambique (UCM).

Nestes locais, ele vai inteirar-se das actividades em curso nos domínios da Ciência, Tecnologia e Inovação, Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e Ensino Superior, áreas estruturantes do pelouro que dirige.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction